Menu

Bancários Litoral, em Novo Hamburgo, nenhum direito a menos!

25/05/16

Em atividade chamada pela Contraf, o Sindicato dos Bancários do Litoral Norte, em parceria com os Sindicatos de Paranhana e Novo Hamburgo, retardam a abertura da agência do Bradesco, Júlio de Castilho, sede da Diretoria Regional Novo Hamburgo. Tal atividade tem como objetivo chamar a atenção dos colegas e comunidade, sobre a política utilizada pelo banco, de corte de 1466 postos de trabalho, em todo Brasil, a redução de 3581 emprego. O Bradesco registrou lucro de R$ 4,121 bilhões no primeiro trimestre de 2016. Os sindicatos, unidos e mobilizados, perguntam onde está a responsabilidade social do segundo maior banco privado do País.





Imprimir está pagina