Menu

Banrisulenses cobram posição da diretoria do Banrisul quanto à PEC 280

12/04/21

 

Em reunião virtual nesta quinta-feira, 8, os banrisulenses cobraram uma postura institucional do Banrisul a respeito da PEC 280/19, que revoga o plebiscito para venda do Banco, da Corsan e da Procergs. A matéria tramita na Assembleia Legislativa e está prestes a ir a plenário, retirando o direito da população de decidir sobre o destino das empresas públicas.

Após cobrança em mesa, os representantes dos Banrisulenses comunicaram que a Fetrafi-RS irá encaminhar uma correspondência à presidência do Banco, formalizando o pedido de uma agenda para tratar do assunto com os superintendentes, diretores e gestores do Banrisul. É fundamental envolver os Banrisulenses no debate e contar com o apoio dos empregados do Banco para a suspensão da tramitação da PEC e realizar uma ampla discussão na sociedade.

Diretores da Fetrafi-RS presentes na reunião informaram que a Federação e o SindBancários Porto Alegre e Região lançam uma campanha nesta sexta-feira, 9, para alertar prefeitos, vereadores e toda a sociedade sobre os efeitos da revogação do plebiscito e a intenção por trás da sua aprovação. Com a aprovação da PEC a futura privatização do Banrisul poderá ser realizada por meio de PL com maioria simples dos votos da Assembleia Legislativa. 

Protocolos da Covid-19

No debate sobre prevenção à Covid-19, os banrisulenses cobraram do Banco a aquisição de máscaras do modelo PFF2, que são usadas por profissionais de saúde e são comprovadamente mais eficazes contra o coronavírus. Os representantes do Banrisul se comprometeram a levar a reivindicação à direção e afirmaram que não há barreiras quanto aos recursos financeiros para garantir a saúde dos empregados. 

Também ressaltaram que a média de casos positivos para a Covid-19 entre os empregados do Banco vem diminuindo sistematicamente por conta de medidas que foram debatidas e construídas na mesa permanente que trata o assunto desde o início da pandemia.

O Banco reafirmou o cumprimento dos protocolos de bandeira preta: atendimento por agendamento, lotação de 50 % dos empregados/as nas agências e um cliente para cada empregado/a dentro das agências.

Outros assuntos

Os bancários ainda cobraram o anúncio das promoções regulamentares, que, como constam em acordo, serão pagas em abril, sendo que as vagas já foram divulgadas pelo Banco. Quanto ao pagamento da Remuneração Variável 1 (RV1) e os representantes do Banco se comprometeram em dar retorno até a próxima reunião, agendada para quinta-feira, 15 de abril, às 14 horas.

Participaram da reunião os diretores da Fetrafi-RS Ana Maria Betim Furquim, Denise Falkenberg Corrêa, Fábio Soares e Sérgio Hoff, além de outros membros da mesa permanente de negociações: Ana Maria Silva (SEEB Lajeado), Gerson Kunrath (SEEB Vale do Caí) e Cleberson Pacheco Eichholz (presidente do Sintrafi, Sindicato de Florianópolis e Região). Pelo Banrisul participaram Gaspar Saikoski (Superintendente de RH), Paulo Henrique Pinto da Silva, Raí Mello e Douglas Bernhard (Jurídico).

Fonte: Portal Bancários





Imprimir está pagina