Menu

Santander tem que respeitar jornada dos(as) bancários(as)

13/01/20
Santander tem que respeitar jornada dos(as) bancários(as)

Banco espanhol informa extensão de horário de abertura de suas agências e promete manter jornada dos(as) bancários de 6H. Saiba como denunciar casos de descumprimento de suas horas trabalhadas

 

 

O Santander anunciou que vai estender o horário de atendimento em suas agências em todo o país. Mas como o Santander tem uma tradição de tentar fazer o(a) bancário(a) trabalhar mais sem precisar pagar hora extra, o SindBancários faz um alerta. O banco informa que não vai estender a carga horária das atuais 6h.

Mas, na dúvida, se você, colega do Santander, estiver sendo "convidado(a)” a permanecer na agência além de seu horário de trabalho habitual, entre em contato com o Sindicato. A denúncia é anônima.

 

Cabe aos funcionários denunciarem ao Sindicato casos de excessivas e ilegais jornadas além das construídas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) que fechamos em 2018 e que tem validade por dois anos, até 31 de agosto de 2020.

 

Nossa jornada é de 6H, de segundas a sextas-feiras. "Estamos avisando os colegas porque o banco, em maio de 2019, tentou abrir agências em todo o país nos sábados pela manhã, dizendo que os bancários estavam fazendo trabalho voluntário de educação financeira aos seus clientes”, explicou o diretor do SindBancários e funcionário do Santander, Luiz Cassemiro.

 

Por isso que, quando o banco espanhol anuncia que vai esticar o horário de atendimento aos seus clientes das 9h30 às 16h30, o Sindicato fica em alerta. Segundo o banco os caixas funcionarão somente das 10h às 16h.

 

O banco também garantiu que todos os funcionários da agência terão carga normal de horas diárias e que foram tomadas as devidas medidas de segurança para abertura e fechamento neste período.

 

Lembrando que o Banco Central autoriza a flexibilização dos horários desde que respeitada a jornada da categoria.

 

Fonte: Imprensa SindBancários





Imprimir está pagina